Impermeabilização de laje

0

Fazer a impermeabilização de laje é fundamental em qualquer imóvel. Isso porque, apenas esse cuidado pode evitar o acúmulo e infiltração de água. Nessas situações, a edificação poderia sofrer com manchas, mofo, descascamento da pintura e até o comprometimento da segurança da estrutura.

Uma laje impermeabilizada pode ou não ser coberta por telhado convencional. Caso não possua esse telhado e, dependendo do material utilizado, a superfície pode, por exemplo, suportar o tráfego de pessoas, criando uma nova área útil no imóvel. Esse é um recurso muito utilizado em condomínios. Além disso, uma laje não corre o risco de se soltar ou ser levada por ventos fortes, como muitas vezes acontece com telhas de cerâmica.

Se interessou pela opção? Pois saiba que são diversas as alternativas para a sua laje, e com certeza uma se encaixa no seu imóvel e objetivo. Em todo o caso, porém, é importante contratar empresa especializada para a execução da impermeabilização. Apenas assim haverá garantia de uma aplicação correta da cobertura, evitando futuras infiltrações.

Tipos de impermeabilização de lajes

No Brasil, os principais materiais utilizados para a impermeabilização de lajes são: a manta asfáltica, a poliureia e o poliéster flexível. Além destes, contudo, há uma série de outros produtos, tão eficazes e vantajosos quanto para o cuidado com a parte superior de um imóvel.

Na hora da escolha do produto ideal, é fundamental que o consumidor conte com o auxílio de um arquiteto ou um profissional especialista em impermeabilização.

Ao mesmo tempo, é importante considerar o objetivo da laje. Se ela for utilizada como espaço de tráfego de pessoas e lazer, vai demandar um produto que suporte impacto constante do movimento, assim como à abrasão. Assim, será mais interessante investir na poliureia, PVC, poliuretano ou poliéster flexível.

É possível classificar a impermeabilização de laje de dois modos: rígida e flexível. Em cada uma dessas categorias há produtos diferentes listados. Acompanhe!

Impermeabilização rígida

Quando o espaço da laje sofre pouca ou nenhuma movimentação, é indicada a utilização de produtos rígidos. Inclusive considerando que não exista grande variação térmica do espaço. Esse tipo de cobertura, então, é indicada para imóveis em que a laje não terá tráfego, ou em que será coberta por telhado comum.

Neste tipo de impermeabilização, é comum a utilização de argamassas poliméricas e do epóxi.

  • Argamassa polimérica

A impermeabilização de laje feita com argamassa polimérica conta com um produto produzido por meio da mistura entre cimento, areia e água. O material é impermeável e disponibilizado no mercado na forma pastosa e pronta para uso, facilitando seu processo de aplicação.

  • Epóxi

Também conhecido como poliepóxido, o epóxi é um plástico termofixo que se endurece quando misturado a um agente catalisador. Ou seja, a um agente “endurecedor”. Ele tem alta resistência à abrasão e a impactos, e costuma também ser utilizado como cobertura de pisos.

Lembre-se, porém, que o material é diferente da tinta epóxi. A tinta tem aparência e composição semelhante ao primeiro, mas sua resistência é bem menor.

Impermeabilização flexível

Já a impermeabilização flexível é indicada para lajes que sofrerão impactos e movimentos, seja pelo tráfego constante, seja pela grande atuação de elementos naturais, como o vento e a chuva. Por isso, aliás, esse tipo de sistema é o mais utilizado, independentemente ou não do uso da laje como um espaço de lazer. Alguns dos materiais utilizados nessa opção são pré-fabricados. Outros, produzidos no canteiro de obras.

  • Impermeabilização de laje com manta asfáltica

Uma manta asfáltica é feita com material asfáltico modificado pela adição de materiais como o polietileno, fibras de vidro, borracha e poliéster. Para aplicá-la, a empresa responsável geralmente se utiliza de grandes rolos do material, como se ele fosse um grande tecido espalhado pelo teto do imóvel. Essa manta, então, é fixada na superfície, eliminando as chances de infiltrações e acúmulo de água na edificação.

  • Impermeabilização com poliureia

A membrana de poliureia é aplicada na laje como se fosse uma tinta, com a ajuda de uma máquina jateadora. Ela é produzida por meio da mistura entre a resina e o isocianato, e tem alta resistência à abrasão e a ataques químicos.

  • Emulsão acrílica

Quando a opção é pela impermeabilização em acrílico, a laje se utiliza de polímeros acrílicos termoplásticos em meio aquoso. O produto pode ser aplicado por meio de rolos de pintura, já que tem consistência bastante semelhante a uma tinta comum. A cada demão da emulsão, é aplicado algum material estruturante na laje, como o véu de poliéster.

De qualquer forma, essa alternativa é mais indicado para espaços que não contarão com tráfego de pessoas ou veículos. A espessura adequada da aplicação varia de acordo com o ambiente.

  • Impermeabilização 100% Silicone

Assim como a opção anterior, a opção de impermeabilização com silicone só é indicada para espaços sem tráfego. O sistema é bastante leve, e mantém suas propriedades físicas e flexibilidade por longo tempo. Isso mesmo que sofra a incidência direta do sol, chuva ou vento.

  • Impermeabilização com Poliéster Flexível

Um dos pontos mais interessantes do poliéster flexível é seu design variado. Disponível no mercado em forma de mantas, o produto pode ser encontrado em diferentes cores e estilos, podendo até imitar a aparência de outros materiais, como a madeira, cerâmica e pedras naturais. Por esse motivo, ele é um ótimo aliado à decoração de lajes que servirão como um espaço de lazer e convívio.

  • Injeção química na laje

Geralmente, a injeção química é utilizada para fazer o reparo de fissuras e vazamentos já existentes na laje. No entanto, o produto também pode servir para a criação de uma nova camada impermeabilizante, evitando outros problemas.

  • Impermeabilização “faça você mesmo”

Por fim, podemos citar um produto de fácil aplicação para a impermeabilização de lajes. Vendido em baldes, o material pode ser utilizado pelo próprio consumidor, desde que ele tome o cuidado de seguir adequadamente as instruções do fabricante do material. Apesar de economicamente atrativo, porém, é interessante analisar bastante bem a alternativa, pois ela possui durabilidade menor do que as demais citadas.

Viu como existem diversas vantagens e opções para a impermeabilização de laje? Solicite um orçamento para a sua construção e garanta o serviço para o seu imóvel!

Leave A Reply

Your email address will not be published.