Piso industrial

0

São diversos os tipos de piso industrial disponíveis no mercado. Há, por exemplo, o concreto de alta resistência, produzido com concreto e uma armação de aço. Já o pavimento epóxi é obtido por meio da resina de mesmo nome, que endurece com o auxílio de um material catalisador.

Para escolha do produto mais adequado, é fundamental que a construção conte com o projeto de um profissional capacitado. Analisando as condições do ambiente, tipo de solo, objetivo do piso e outras variáveis, o especialista saberá indicar o piso mais resistente e durável.

Em todo o caso, é importante destacar que um piso industrial não precisa, necessariamente, ser aplicado na indústria. Em vez disso, ele pode ser utilizado em qualquer espaço que suporte alto tráfego e cargas. Logo, frigoríficos, supermercados, shoppings centers e outros.

Tipos de piso industrial

Como citado, é necessário que um especialista verifique qual o pavimento mais adequado para um espaço. Afinal, em um mesmo imóvel o tipo de carga suportada pode ser diferente de um ambiente para o outro. Isso torna fundamental uma análise minuciosa do local, assim como do tipo de assoalho que melhor atende a todas as especificações requeridas.

Piso Epóxi Industrial

Sem dúvida, o piso epóxi é um dos produtos mais duráveis que podem formar um piso. Ele consiste em um plástico termofixo líquido, que endurece ao ser misturado a um agente catalisador. Ele é bastante resistente à abrasão e até a produtos químicos.

Ao mesmo tempo, os pavimentos epóxis são capazes de suportar alta carga, mesmo com uma superfície lisa e, geralmente, brilhante. Como está disponível em diversas cores, o material pode ser utilizado em diferentes tons de uma só vez, para demarcação dos espaços úteis do imóvel.

Piso Industrial de Concreto Polido

No momento de execução do piso de concreto polido, uma malha de aço bastante intrincada e resistente é posicionada no solo. Em seguida, a superfície recebe uma grossa camada de concreto que, ao fim do processo, é nivelada e polida.

A resistência desse tipo de pavimento, contudo, vai além dos impactos físicos e cargas. O material também é resistente a vazamentos, à umidade, manchas e bactérias.

De qualquer forma, a superfície é bastante dura. Por isso, requer maior esforço do corpo para que os indivíduos consigam caminhar. Nessa situação, pode ser interessante instalar no espaço esteiras para o caminhar por grandes distâncias dentro da fábrica.

Piso Emborrachado

Ao contrário da opção anterior, o piso emborrachado oferece um caminhar simples e confortável. Resistente à água e ao fogo, o material é antiderrapante e ótimo isolante térmico. Por isso, proporciona um ambiente mais fresco. Ainda é possível dizer que o material atua contra a propagação do som, além de ser resistente a impactos físicos e altas cargas.

É necessário destacar, no entanto, que, se comparada a outros produtos, a borracha arranha muito, além de requerer uma limpeza mais frequente. Assim, se o acúmulo de sujidades e uso de máquinas pesadas for intenso no espaço, provavelmente será mais interessante aderir a outra opção de assoalho.

Piso Industrial Vinílico

Dentre todas as alternativas citadas, o piso vinílico é o que tem a instalação mais fácil. O material está disponível no mercado em forma de manta, que precisa apenas ser posicionada sobre um piso já existente.

Resistente à umidade, o vinílico não é indicado para locais com tráfego intenso demais. Isso porque, ele risca com facilidade, tendo que ser trocado periodicamente. Se o objetivo for contar com um pavimento atraente, porém, o produto é uma ótima alternativa, já que conta com diversas cores e texturas disponíveis. Há peças, inclusive, que simulam a aparência de outros materiais, como a madeira.

Execução dos pavimentos de alta resistência

Independentemente do tipo de piso industrial escolhido, a execução da obra costuma contar com etapas básicas. São elas: preparação do terreno de fundação, instalação da sub-base, revestimento do pavimento e acabamento da superfície. Para conhecer as etapas específicas da execução do tipo de piso definido , conte com um projeto detalhado do seu arquiteto e/ou engenheiro.

Por meio do planejamento da obra, por exemplo, o profissional especialista irá analisar as características topográficas do terreno. Irá perceber também se é necessário estabelecer um sistema de drenagem mais eficaz da superfície. Considerando ainda o objetivo do espaço, ele terá facilidade em estabelecer o tipo de material mais interessante ao ambiente.

Na hora da preparação do terreno, então, ele estabelecerá o seu nivelamento e compactação. O solo precisa ser extremamente bem preparado, ou então todas as demais etapas do processo serão mal sucedidas.

Já quando o projetista estabelece a instalação da sub-base, ele especifica a granulometria necessária das britas que serão utilizadas. As pedras precisam ser espalhadas pelo solo compactado, atingindo uma espessura de até 10 cm.

Depois, é feita a aplicação do revestimento de acordo com as especificações técnicas referentes ao produto escolhido. É sempre interessante que um especialista no tipo de piso seja o responsável pela execução do projeto.

Por fim, a maioria dos pisos tem como acabamento o polimento de sua superfície. Além de mais nivelado e liso, o pavimento se torna mais bonito e confortável, sem declinações que cansam os indivíduos. Para um espaço industrial, isso é fundamental, uma vez que o desgaste físico dos funcionários já é bastante acentuado.

Manutenção e limpeza do pavimento industrial

Em todo o caso, lembre-se de realizar a manutenção periódica da superfície do seu piso. O tempo adequado varia de acordo com o tipo do assoalho industrial e também com os desgastes e impactos que a superfície sofre no dia a dia. Fatalmente um espaço que suporta grande tráfego e carga vai demandar manutenção mais frequente do que os demais ambientes.

É importante destacar que tomamos por manutenção a nova aplicação de resina na superfície; uma nova camada de concreto; polimento do pavimento; e ações semelhantes. A limpeza do local é algo mais básico, e deve ser feita ao menos de forma semanal.

Seja qual for o tipo de piso industrial, invista apenas na limpeza com água e sabão neutro. Produtos químicos e abrasivos, mesmo que não provoquem danos imediatos ao assoalho, podem acelerar o seu processo de deterioração. Logo, devem ser sempre evitados.

Leave A Reply

Your email address will not be published.